Séries

Published on novembro 10th, 2014 | by Raira

0

The Voice 3×07

O dia da choradeira.

Nunca vi um dia em que tanta gente chorou em apresentações. Jurados, candidatos, foi um verdadeiro festival do choro e se fosse em SP dava pra ter ajudado a encher o Cantareira.

Na segunda noite de batalhas, começamos com o time Claudia, Priscila Brenner e Nonô Lellis, menininha bonitinhas que cantaram Let it go. Sim, porque não basta ser fofa, tem que cantar música da Disney, em ritmo de reggae.

Provavelmente pela música e tudo o mais, elas sofreram um pouco pra cantar suave… e em alguns momentos a voz até dava uma sumida. No fim, apesar dos inúmeros elogios às duas performances, Cláudia decidiu continuar com Priscilla, mas não foi o fim pra Nonô que acabou indo pro time do Lulu.

romance

Seguindo a nova tendência de fazer trios, dessa vez foi Daniel que resolveu juntar três das melhores vozes de sua equipe, Carla Casarim, Lívia Itaborahy e Nanda Garcia cantaram música nacional, e foi muito boa a apresentação, mas Daniel acabou ficando com a Carla e as outras duas se despediram do programa.

A próxima dupla, também do time de Daniel, Kim Lirio e Thiago Soares cantaram U2 e foi beeem mais ou menos. Muitos problemas de pronúncia, aquele velho problema de cantar em inglês. Kim continuou na disputa.

A quarta dupla foi com uma das cantoras que eu mais esperava ver de novo, Princess, que é americana e mora no Brasil, e sonha em fazer carreira aqui. Brown escolheu a Kynnie pra cantar com ela, e errou feio na escolha da música. Livin’ la vida loca. Uma música muito grave pra voz das duas meninas, que tiveram muita dificuldade em cantá-la. Todos os jurados, incluindo o próprio Brown, acharam que não foi muito acertada.

Na hora de escolher com quem ia ficar, ele fez aquela enrolação que já estamos acostumados e por fim escolheu a Princess. Desconsolada, Kynnie só conseguia chorar, e Daniel até subiu no palco pra consolá-la. Por fim, ele acabou pegando ela pro time dele. E aí ela chorou, o Brown chorou, todo mundo chorou.

deena

A próxima batalha da noite foi entre Amarildo Fire e Vanessa Borges, que cantaram “Não Precisa Mudar” e, de propósito ou não, rolou um mega clima entre os dois. Se foi combinado, deu muito certo porque todo mundo percebeu, e acabou que a química entre eles foi mais comentada do que o número em si. Vanessa continuou com Brown e Amarildo foi pro time da Cláudia.

A penúltima dupla foi Kall Medrado e Bruna Tatto, do time da Cláudia. As duas foram muito bem, e foi problemática a decisão, que culminou na eliminação de Bruna.

Por fim, os dois últimos a cantar foram Deena Love e Lui Medeiros, que apenas arrasaram muito e, novamente, fizeram um monte de gente chorar, até o Leifert. Lulu elogiou muito os dois candidatos, mas acabou escolhendo continuar com Deena e Cláudia levou Lui pro time dela.final

A grande surpresa da noite foram as apresentações dos técnicos auxiliares. Primeiro foram Rogério Flausino e Di, que cantaram uma música do NX Zero, e o encerramento ficou por conta de Luiza Possi e Dudu Nobre que cantaram Zeca Pagodinho e arrasaram. Apesar dos comentários em alguns momentos do programa, eles ficaram meio apagadinhos durante essa fase, e achei positivo colocá-los pra cantar. Além de ser bom mudar um pouco as apresentações finais que são sempre dos técnicos.

Semana que vem teremos as últimas batalhas, o que promete muitas lágrimas ainda, já que estão afunilando os times e não temos mais “peguei”, que os técnicos já gastaram. É esperar pra ver.

Tags: , , , ,


About the Author

Apaixonada por séries e livros, tem como objetivo de vida ser tão incrível quanto a Liz Lemon e ser amiga das Kardashian. Só sonha baixo e com coisas realmente possíveis



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Back to Top ↑