Drama

Published on maio 15th, 2014 | by Raira

0

The Vampire Diaries versus The Originals

Qual leva a melhor na disputa?

Sempre amei The Vampire Diaries. Descobri a série depois de começar a ler os livros, na época que Crepúsculo estava em alta, e logo depois surgiu a série, e eu, claro, comecei a acompanhar. Fato é que nem terminei de ler os livros, e virei mega fã da série. Apesar de ser teen, e muita gente fazer gracinhas comigo por isso, sempre achei incrível, e bom, tem o Damon. Ian Somerhalder é o grande amor da minha vida e sempre será.

Enfim, o fato é que estamCem303os na 5ª temporada, e mais ou menos desde a terceira, o meu amor tem sido posto à prova. Porque só amando muito pra continuar assistindo. Como eu não tenho a referência dos livros, não sei dizer se é assim mesmo, mas a série ficou meio repetitiva, sempre com a mocinha em perigo e os dois irmãos que a amam e fazem tudo por ela, indo atrás salvá-la dos bad guys.

Apesar de tudo acontecer muito rápido, acho que algumas histórias poderiam ser mais exploradas, colocar outros personagens em destaque (que não seja outro doppelganger), enfim, acho que o potencial está lá, é só saber usar.

Daí que ano passado saiu a notícia de que haveria um spin-off chamado The Originals, que contaria a história da família de vampiros originais, os Mikaelson. Confesso que não botei muita fé, porque afinal se Vampire não tava rendendo tanto, as esperanças de uma outra ser boa eram bem pequenas. Mas, como super fã do Klaus, que passou a ocupar o segundo lugar no meu coração e na minha lista de vampiros que eu adoraria ser mordida por, resolvi dar uma chance (rs) pra série. Surprise, surprise. The Originals é, sem dúvida, muito melhor que The Vampire Diaries.

Tudo bem que estamos ainda na primeira temporada e tudo o mais. Mas a superioridade dela é nítida, e muito disso se deve ao fato de não ser centrada em uma historinha boba de amor entre vampiros e humanos, mas sim na família mais louca e disfuncional, porém ligada pelos maiores laços de fidelidade e talvez até amor jamais vistos, que já “existiu”.MV5BMTQyNjIwNzQzM15BMl5BanBnXkFtZTgwMDA0MTEyMDE@._V1__SX1303_SY548_

A série, além de abordar os conflitos familiares dos Mikaelson, de seus muitos anos de intrigas e reconciliações, também mostra uma cidade inteira dominada por vampiros, lobisomens e bruxas, inimigos eternamente declarados, e sua convivência com os humanos e entre si. Tem muitos flashbacks incríveis de várias épocas diferentes, um figurino maravilhoso, e muitas histórias diferentes sendo contadas ao mesmo tempo, sem perder o fio da meada (pelo menos por enquanto).

Até agora, tem sido um grande prazer assistir essa série, e eu realmente espero que ela continue sem perder essa pegada mais histórica, sem cair em clichês e sem se tornar bobinha, como muitas vezes eu acho que Vampire Diaries virou. Não parei de ver, e nem pretendo, e ainda tenho alguma esperança de que a próxima temporada entre nos eixos novamente, e siga os passos do seu spin-off, tornando possível que eu fique mais empolgada ao assistir, e não só por causa do Damon.

Tags: , , , , , , , , , , ,


About the Author

Apaixonada por séries e livros, tem como objetivo de vida ser tão incrível quanto a Liz Lemon e ser amiga das Kardashian. Só sonha baixo e com coisas realmente possíveis



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑
  • Recent Posts

  • O que estão falando

  • Categorias

  • Arquivos