Séries

Published on abril 2nd, 2014 | by Fernanda Correia

0

O final amargo de How I Met Your Mother

How I Met Your Mother finalmente acabou e despertou a fúria dos fãs da série.

Eu tenho uma imagem mental no momento: a galera de Lost dando um tapinha nas costas da galera de HIMYM e mandando um “I know the feeling, bro”.

HIMYM acabou na última segunda-feira, e honestamente umas duas temporadas além do necessário. Nove anos de série é toda uma geração que não teve Friends e tinha em HIMYM a sua sitcom favorita. Então meio óbvia a reação passional do povo.

Depois de uma oitava temporada mais ou menos, a temporada final foi muito, mas muito abaixo do melhor que a série já entregou. Eu reclamei – e muito – dessa temporada. Teve gente que resolveu desencanar e se deixar levar pelo saudosismo de fim de série. Eu queria mais, e aí começaram os problemas.

Era muita esperança nesse casal

Era muita esperança nesse casal

Uma temporada inteira passada em um único final de semana obviamente gerou situações mais absurdas que o normal, algumas até repetitivas. O único suspiro eram as cenas da Mãe, que trazia algo novo, aquilo que a gente realmente queria saber: como eles se conheceram.

O final

A partir de agora, é spoiler na cara!

Eu gostei do final? Não. Eu odiei o final? Também não.

Se você levar em consideração toda a nona temporada, o último episódio foi um dos melhores. A dose certa de drama, a dose certa de humor. E mesmo as referencias para os fãs ficaram com aquela saudade.

HIMYM3

Eles sabiam o final há nove anos. Aposto que nunca contaram porque ninguém ia acreditar…

A mãe estava morta. Quando eu ouvi essa teoria, achei um tanto quanto Lost demais. Mas quebrei a cara. Ela tinha morrido mesmo. Isso foi um problema? Não achei.

Achei até coerente ela estar morta. Ninguém é tão perfeita, ninguém tem uma imagem tão imaculada de alguém. Ficava claro que cada namorada deixada para trás nunca chegaria aos pés da Tracy (o nome da mãe). E convenhamos, tem que ser uma idealização. E o Ted sozinho contando essa história para os filhos encaixou direito.

Meu problema com essa situação foi que eles fizeram a gente se apegar a ela durante esses nove anos, e mais ainda nesta temporada. Como eu disse, as cenas com ela eram as melhores. Podia ter matado ela, mas não da forma repentina.

Você descobre que ela está morta há 10 anos (e que o Ted ficou pouquíssimo tempo com ela) e que tudo isso foi só para ele convencer os filhos a “liberarem” ele pra sair com a Robin.

Aqui está a maior CAGADA do episódio final (na minha opinião, obviamente). Ted foi apaixonado por ela a série toda. Ele se libertou disso a poucos episódios do final. Mas ela sempre menosprezou ele. Convenhamos, ela sempre disse que nunca se casaria e aceita casar com o Barney. A separação deles era até meio óbvia pra mim, mas ser a ela a colocar o ponto final só aumentou a minha raivinha.

Aumentou porque o surto dela no penúltimo episódio me fez querer morrer. Sério? Você espera se casar para descobrir que deixou para trás o cara da sua vida? Você merece ficar sozinha e ver ele ser feliz com outra pessoa. Mesmo que essa pessoa esteja presa a uma lembrança. O cara ia mudar de cidade porque você se casou, sabe?

E por fim, a decepção com o Ted. Que se mostrou um banana e foi atrás de quem sempre deixou ele de lado na primeira oportunidade que surgiu. Aqui cabe ainda a minha birra com essa temporada final e todo o drama do casamento. Que obviamente não tinha razão de ser. Robin e Barney ficam tão preocupados em dar certo ou não que nem levam em consideração se eles realmente querem isso.

HIMYM4

É o meu casamento, mas eu vou tirar foto e não vou ficar marcada nesse momento

E eu entendo os argumentos de quem gostou desse final ou aprovou Ted e Robin juntos no final. Mas para mim eles quebraram a magia que foi criada durante esses anos. Essa aura que tinha em torno da mãe. Ela merecia mais tempo de tela, mais participação. Não aquele resumão corrido da vida a dois deles. Ela merecia ter feito parte do grupo (nem na foto do dia do casamento dela ela aparece — essa foto aí em cima). Talvez eu tivesse perdoado Robin e Ted juntos se isso tivesse acontecido. Do jeito que foi, pareceu traição. Que ele só amou a Mãe porque era o melhor que tinha sem a Robin.

Pra mim, a série terminou com Ted e a Mãe no quarto do hospital. E com a imagem da Robin cheia de dor de cotovelo vendo o Ted feliz com a esposa na festa de Halloween.

Você apenas não merece o Ted, Robin. Não merece.

Tags: , , ,


About the Author

Tem mais séries e livros para ver e ler do que tempo hábil. Sonha em encontrar o Doctor só para usar a Tardis e zerar a sua pilha. Encontrou o sentindo da vida quando assinou o Netflix.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑