Posted on: 3 de junho de 2013 Posted by: Will Comments: 0

Uma das séries mais surpreendentes que assisti esse ano

“Hit & Miss” é britânica e bem diferente do tipo que a gente costuma assistir sempre. Além disso sua premissa é bem curiosa.

O seriado conta a história de Mia, uma assassina de aluguel transexual. Ela descobre que tem um filho de uma relação do passado quando ainda não tinha começado seu processo de adequação.

Em forma
Em forma

A mãe do guri morre de câncer e ela vai ao interior da Inglaterra conhecer seu filho, que mora com outros 3 irmãos, dois mais velhos e uma menorzinha. Os caçulas são super fofos. Impossível não ficar encantado com eles.

A série não economiza em cenas de nudez e a prótese que a atriz protagonista Chloë Sevigny usa como pênis é beeeeeeeeem convincente. É pra assistir com a mente aberta e sem crianças na sala.

Até agora só rolou uma temporada (bem curta, diga-se). São seis episódios de cerca de 45 minutos mais ou menos. O legal é que ao mesmo tempo em que aborda questões como identidade de gênero, orientação sexual e preconceito a personagem é badass. Profissional no que faz. Mata com bastante estilo. Fuck Yeah.

Tem também todo um drama familiar. A questão das crianças num primeiro momento não lidando muito bem com sua chegada à casa e depois se habituando. Cada uma das crianças se envolve num arco e todas têm seu momento. O legal é que a série é cheia de espaços. Tem muitas paisagens e takes de horizontes, como se os produtores estivessem dizendo pega leve, aprecie com moderação.

Dá pra digerir tudo com calma mesmo depois de morrer de tensão em algumas cenas. “Hit & Miss” e uma série bastante corajosa e ousada e que super vale a pena assistir.

Drama familiar na série
Caso amoroso… será que vai?
Últimos posts por Will (exibir todos)

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.