Filmes

Published on fevereiro 22nd, 2017 | by Raira

1

Estrelas além do Tempo

Ou um dos melhores filmes desse ano.

Todo ano é aquela coisa de tentar assistir filmes do Oscar antes da premiação, o que acaba não acontecendo e não somos apegados a isso também. Em 2017 não podia ser diferente e cá estamos faltando poucos dias pra cerimônia com uma lista gigante.

A lista desse ano tem um grande diferencial pra mim, pois há muito não se via tantos filmes incríveis concorrendo. Tantas histórias maravilhosas sendo contadas, e o mais importante: histórias de mulheres, gays, negros. Atores e atrizes talentosos e que amamos sendo indicados.

Esse era um dos filmes que estava no topo da lista para ser assistido.  Katherine Johnson, Dorothy Vaughan e Mary Jackson deveriam estar em todos os livros de história e toda menina devia conhecer a história dessas três mulheres incríveis.

Nos anos 1960, vivendo no estado da Virgínia, em meio a segregação racial, essas três mulheres conseguem se destacar em um lugar totalmente masculino e branco. Não estamos falando aqui de qualquer coisa, mas da NASA. Quando tudo o que se esperava era “faça seu trabalho e fique de cabeça baixa”, elas ultrapassaram todas as barreiras e fizeram sua própria revolução.

Tem muitos homens no filme, obviamente, mas eles são apenas os coadjuvantes. Seja em casa ou no trabalho, as mulheres são as donas de suas próprias intenções e ações. É como se de repente todas nós fôssemos elas. É como se nós pudéssemos fazer o que elas fizeram. Tomar as rédeas da sua própria vida e ir atrás dos objetivos. Parece clichê e auto-ajuda, mas é a sensação que fica ao terminar o filme.

Trazer à luz e reconhecer, mesmo que tardiamente, o significado dessas mulheres, é também fazer com que cada vez mais o caminho esteja livre para meninas, principalmente negras, sonharem com algo mais. Ainda mais no campo das ciências exatas, onde ainda hoje mulheres sofrem preconceito e são consideradas incapazes.

É empoderamento demais, minha gente!

Em um mundo ainda tão desagregador, preconceituoso, racista e machista, filmes como esse são cada vez mais necessários. E, como brilhantemente disse Taraji P. Henson no SAG Awards, “they are hidden figures no more!”¹

 

1: em tradução livre “elas não são mais figuras escondidas”.

 

 

Tags: , , , , , , , ,


About the Author

Apaixonada por séries e livros, tem como objetivo de vida ser tão incrível quanto a Liz Lemon e ser amiga das Kardashian. Só sonha baixo e com coisas realmente possíveis



One Response to Estrelas além do Tempo

  1. César says:

    Migaaaa,

    1) adorei seu texto, senti isso tb quando vi o filme
    2) to com sdds <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑