Posted on: 9 de janeiro de 2014 Posted by: Fernanda Correia Comments: 0

A terceira temporada de “American Horror Story” tem sido uma das melhores. Tanto que a renovação para a quarta não foi a menor surpresa.

E eles acrescentaram mais personagens pra deixar a coisa mais divertida. Primeiro os vizinhos crentes. Meio óbvio que o rapaz ia cair de encanto pelas bruxas, mas ele cair de amor pela Nan foi um ponto a favor.

Enquanto a gente conhece um pouco mais da Fiona, descobrimos que ela tomou seu lugar como Suprema e não pretende largá-lo assim tão fácil. Nem que para isso ela tenha que destruir todo o seu clã. Aliás, bye, bye Emma Roberts.

Agora é a pergunta: quem é a nova Suprema? Porque a Fiona continua definhando, e as meninas vão descobrindo novos poderes. A Madison aparentemente foi um erro de cálculo, mas será mesmo que a Zoe é a próxima da lista? Eu diria que a Misty tá correndo por fora nessa de ressuscitar a galera.

O Kyle, morto psicopata mais delicinha dessa série, era abusado pela mãe locaça (que ele obviamente matou), e deu um perdido na Zoe. Torcendo pra ele aparecer na casa dos vizinhos crentes pra causar (mais) auê.

Lana Banana tava chatíssima até agora, mas esse ácido na cara e o poder que ela recebeu ficando cega promete virar as coisas do avesso. O primeiro que vai rodar vai ser o marido espertalhão (aliás, alguém ali não é um sociopata?). A promo do próximo promete que ela vai agitar as coisas.

 

Kate Bates segue fantástica. Ela chorando porque era impossível a América ter eleito um presidente negro, depois maltratando as meninas e fugindo do minotauro (que terminou numa cena digna de “Seven”) e das filhas zumbis foram sensacionais.

Falando em zumbis, o episódio que foi eleito por Ryan Murphy como favorito foi demais. Primeiro porque resgatou a lenda zumbi de serem corpos reanimados por magia negra, depois com a Zoe matando todo mundo com uma serra elétrica pronta pra uma ponta em “The Walking Dead”.

No fim, Jessica Lange segue fantástica na hora de queimar a bruxa.

 

 

Últimos posts por Fernanda Correia (exibir todos)

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.