Posted on: 9 de janeiro de 2014 Posted by: Fernanda Correia Comments: 0

Ian McKellen mostra sua versatilidade na comédia, fazendo piada sobre sua sexualidade, carreira e sucesso na maturidade.

Não consigo não gostar das produções inglesas, e cada vez mais a galera linda dessa internet tá liberando legendas e releases das séries da BBC e da itv.

Quando eu vi que ia rolar um sitcom com Ian McKellen (o Gandalf, Magneto ou o vilão de “O Código da Vinci”) eu quase pulei de alegria. Pulei o dobro quando renovaram pra segunda temporada porque a série é sensacional.

“Vicious” conta a história de um casal de homens que vive junto há anos e tem todos aqueles problemas de duas pessoas casadas há muito tempo: quase não se suportam mais, os defeitos já incomodam além das qualidades, mas eles se amam e já se acostumaram à presença um do outro. A história começa quando um vizinho gatinho se muda para o andar de cima e pede ajuda aos dois com a mudança para o novo flat.

Vicious2

Além deles, os amigos Violet (a professora giganta de Harry Potter), Penélope e Mason frequentam a casa dos dois. Freddie é um ator decadente cujo único grande papel marcante da carreira é um vilão de “Doctor Who” (e aqui uma HUGE piada interna porque o marido dele é o Mestre da fase atual da série), o que já é uma piada com o próprio Ian.

Não espere nada parecido com os sitcoms americanos. As piadas são, algumas vezes, pesadas, sem medidas e vem em uma metralhadora. Uma atrás da outra, não importa o quão absurda e insultante ela é. Humor inglês. Ácido e rápido. E é justamente aí que a série funciona, porque as tiradas do casal não seriam as mesmas sem ele.

E claro, como toda boa série inglesa, tivemos um especial de Natal. Que parecia meio aleatório (a série passou o sexto e último episódio da temporada lá em junho), mas acabou sendo sensacional com revelações sobre a vida sexual deles que renderam piadas ótimas.

E fez de Penélope, a velhinha já tá meio meio esquecida sem saber o que acontece, de longe minha personagem favorita.

Últimos posts por Fernanda Correia (exibir todos)

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.